Você vai superar


Hoje eu lembrei daquela foto que tiramos num sábado a noite. Larguei todo o meu orgulho de lado e abri a caixa de papel onde eu havia guardado. Lembrei que nesse dia, eu tinha dito a você todos os meus sonhos e de como eu me imaginaria daqui há cinco anos. Nunca pensei que seria sem você. No inicio, foi difícil. Eu pensei que o meu mundo iria acabar, eu senti uma dor insuportável cravar no meu peito, lembrei que ela não poderia ser curada com nenhum remédio, apenas com o tempo.
Pelo menos era isso que as pessoas diziam para aqueles que sofrem de sentimentos tristes.
Mas justo o tempo me fez perceber que ele não cura nada. Quem cura é a gente.
Somos nós que nos martirizamos com lembranças que jamais voltarão. Nós tentamos trazer o passado para o presente em uma tentativa de conforto ou até mesmo de saudade. Nós dizemos a si mesmos que tudo vai voltar a ser como antes, mesmo sabendo que aquela amizade ou aquele amor de verão passou e não vai mais voltar. Escrevemos textos tristes lamentando a falta de alguém que já não faz mais parte de nós, ouvimos músicas que nos trazem saudades e dizemos a si mesmos que ela vai voltar, mesmo sabendo que é mentira. No começo é difícil, quer dizer, começar a viver sem aquelas pessoas que antes você nunca imaginou sem. Mas depois aquelas fortes lembranças que doíam no inicio já não doem tanto assim. Você não pensa mais naquela pessoa o tempo inteiro. Talvez só na metade do dia. E depois em um terço do dia e quando você vai ver, ela só uma lembrança aleatória no meio da semana. Que já não causa tanto efeito como antes.
Você vai levando a vida como sempre levou antes de amores e amizades irem e virem, e um dia você vai perceber que está tudo normal. E no dia em que você ouvir aquela música que fazia parte da sua trilha sonora quando estavam juntos e ela não passar apenas de uma música velha e boa do passado, você terá certeza que superou.


2 comentários:

  1. Que lindo e inspirador! Amei! <3
    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Não esqueça de deixar um comentário bem caprichado sobre o post viu? :)