RESENHA: Carta de amor aos mortos


Sinopse: Alguns segredos só conseguimos contar aos nossos maiores ídolos.
Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop¿ apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky.
Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era: encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um, é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.


Sei que dei uma sumidinha bem perto do Natal, e peço desculpas por isso. Como foi o ano novo de vocês? Espero que tenha sido cheio de felicidades e muitos doces ♥ 

Hoje eu vim falar de um livro que eu comprei a algum tempinho, já até comentei dele aqui no blog. E finalmente terminei ele e De repente, Ana

Gostei muito do que li em Carta de amor aos mortos. Fala de como reagir a perda, enfrentar os seus medos e principalmente viver mesmo quando o seu mundo desmorona. 

Depois que a Laurel perdeu a sua irmã, ela ficou desolada. Ainda mais porque seus pais se separaram e a sua mãe foi embora para a Califórnia deixando ela e seu pai sozinhos. Entre ter que dividir uma noite na casa de sua tia e outro na casa do seu pai e lidar com a dor da perda de sua irmã, May ao mesmo tempo, Laurel decide mudar de colégio. Não queria que ninguém a tratasse diferente e ver as pessoas se lamentando pela morte de sua irmã mais velha. 
Em um novo colégio, Laurel acaba fazendo novas amizades e descobrindo o verdadeiro significado da vida. Entre as cartas escritas para vários famosos que foram seus ídolos e que também já morreram, Laurel vai entendendo o seu passado e ao mesmo tempo superando cada momento dele. 

Eu amei o livro é muito bom para alguém que perdeu alguém e não sabe o que fazer. Fala de superação e de amizade. 

E inacreditável o amor que a Laurel sentia pela irmã mais velha. May, era como se fosse um herói para Laurel, eu tenho certeza que pra ela, May havia sido sua única ídola. Ela amava a irmã de uma forma tão inexplicável que faria tudo para ser igual a ela. 


Críticas
"Simplesmente amei este livro. Cartas de amor aos mortos é mais do que um livro de estreia impressionante. É o anúncio do surgimento de uma nova voz literária corajosa." - Stephen Chbosky, autor de As vantagens de ser Invisível.
"Assim como Kurt, Janis, Amelia e outros que já se foram mas de algum jeito permanecem aqui, Cartas de amor aos mortos deixa uma marca indelével." - Gayle Forman, autora de Se eu Ficar.


2 comentários:

Olá! Não esqueça de deixar um comentário bem caprichado sobre o post viu? :)