Resenha: A última música



Sinopse: Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ULTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.

Páginas: 400
Editora: Novo conceito

Resenha: Ronnie é uma garota rebelde, que sente raiva do pai por te-la abandonado quando ainda era pequena, os dois costumavam dividir o piano, cantando e compondo melodias que ela já mais esquecerá, seu pai como professor de piano, havia a ensinado a tocar desde muito cedo fazendo com que a garota aperfeiçoasse seus dons, cada vez mais, mais isso acabou quando Steve, seu pai, decide ir embora de casa fazendo a cabeça de Ronnie revirar-se trazendo um novo ódio pelo seu pai, e por tudo oque o envolvia, inclusive o piano.

Aos seus dezessete anos, sua mãe manda ela, e seu irmão Jonah irem passar o verão com seu pai, que mora em uma casa bangalo em Carolina do Norte. Ronnie foi obrigada a passar as férias com seu pai, mesmo dizendo com todas as suas forças que não queria ir. Quando chega lá, a primeira coisa que faz é dar de cara  com Blaze, uma garota que saio de casa para ficar com Marcus, os dois ganham a vida fazendo brincadeiras com fogo perto da praia, quando Ronnie da de cara com o badboy logo fica assustada pelo seu jeito estranho de ser.

Quando Ronnie decide dar uma volta na praia, da de cara com Will, um jogador de vôlei que acaba entornando suco em sua blusa fazendo a Ronnie ficar completamente exarcada, logo de cara a menina não se simpatiza com o bonitão de olhos claros e sem camisa. Ronnie logo arranja um jeito de sair da praia , mesmo Will arranjando todas as desculpas para ela não ficar irritada com ele, com uma tentativa falha. Mais essa história não termina por ai

Depois de alguns dias convivendo na Carolina do Norte, que era bem diferente de Nova York, Ronnie encontra um ninho de tartarugas, que estavam ameaçados pelos guaxinins. Ao ligar para o aquário para avisa-los do possível acidente, botando riscos na vida dos recentes ovos, o aquário logo disse que iria mandar alguém para dar uma olhada nos ovos, mais Ronnie nunca tinha pensado que esse alguém fosse o garoto que havia esbarrado na praia



Will e Ronnie vão ficando amigos aos poucos, e só tinham em comum um objetivo, salvar os ovos dos Guachinins. Com algum tempo, Ronnie vai vendo que está apaixonada por Will, e que ele também corresponde a essa paixão e com muitas custas os dois vão se rendendo a essa amor. Que só havia um problema, a obsessão de Marcus por ela.

Com um tempo, Ronnie e seu pai acabam dando uma trégua, se entendendo para manter a paz na casa, inclusive para o bem de Jonah.


Mais tudo nunca tinha sido tão perfeito naquele verão para Ronnie, até que a garota descobre que seu pai estava morrendo de câncer, e que Will saiba quem era o realmente culpado pelo incêndio na igreja que umas das principais suspeitas era seu pai. Será que Ronnie vai conseguir lidar com duas pessoas que ela ama escondendo as coisas dela?



Depois que o verão acabou, foi um tempo de despedidas, assim para ela e Will quanto a sua pai que estava com os dedos contados, mais sábia que tinha que lidar com aquilo, tinha ser forte mesmo perdendo duas pessoas que amava incondicionalmente. Quando o verão se foi, Will voltou para a faculdade, e Ronnie permaneceu com seu pai em Carolina do Norte para cuidar que ele tivesse todo o conforto possível. Aos poucos vai conseguindo terminar a canção que seu pai havia trabalhado o verão inteiro, que por causa da doença era incapaz de terminar, tudo parecia calmo, uma doação anônima, havia pagado todas as obras da igreja que seu pai tanto amava, que aos poucos ia se erguendo, fazendo com que finalmente colocassem o vitral que seu pai e Jonah haviam trabalhado o verão inteiro. Mais e Will? Será que ambos iriam se esquecer tão fácil assim? Será que o amor não era tão forte assim para se abalar tão facilmente? Isso você só descobre lendo A última música ♥



Minha opinião: O livro é bem diferente do filme! TALVEZ MUITO! A várias cenas que no filme tem e que no livro não tem, oque me decepcionou um pouquinho, mais o conteúdo do livro também é bem apaixonante, percebi que algumas cenas foram trocadas e havia muita coisa no livro que o filme não mostrou, inclusive o final do livro, que foi muito diferente do que fizeram no filme, cortaram muitas cenas e muitas coisas importantes. Mais sobre o livro, é perfeito, cativante, romântico e impossível de não chorar com uma obra perfeita que Nicholas Sparcks criou.

O livro até agora é um dos meus preferidos inclusive o filme ♥


Minhas citações favoritas

“- E oque você diz?
- Oque você diz ao seus amigos?
- Não tenho amigos. Pelo menos, não tenho nenhum com quem possa conversar - Disse ele forçando um sorriso.”

“Não se esqueça que Deus é seu amigo e, assim como todos os seus amigos, ele quer saber oque está acontecendo em nossa vida. Seja bom ou mau, seja algo que nos deixe tristes ou zangados, e até mesmo quando lhe perguntamos por que coisas terríveis têm que acontecer. Então, converso com ele”

"É o que eu faço eu afasto as pessoas de mim."

... Por um instante ele conseguiu imaginar-se passeando ao seu lado na praia todas as noites, em um futuro distante.

As vezes é preciso de afastar de quem a gente ama. Mas nem por isso, nosso amor por elas é menor. Muitas vezes, a gente até as ama mais.

 "Pessoas cometem erros, até aquelas que amamos."


2 comentários:

  1. esse livro e muito perfeito <3

    ResponderExcluir
  2. É lindo ♥ É um dos meus livros favoritos ♥

    ResponderExcluir

Olá! Não esqueça de deixar um comentário bem caprichado sobre o post viu? :)