"Movie with my love"


Imagine, Lua e Arthur vendo "A tragédia da rua das flores" juntos. - Por Yasmim Albert




Lua e Arthur tinham terminado seus respectivos namoros com Fernando e Giovanna, e desde então os dois começaram a ficar últimamente. Havia um show no qual eles iriam participar em Porto Alegre, fazendo os dois viajarem juntos pro estado. Agora eles estavam no mesmo quarto e chovia do lado de fora da janela quando Lua resolveu que queria assistir a tragédia da das flores. Arthur bufou dizendo que aquela não era uma boa idéia, mais Lua sempre tinha sido teimosa então ele não queria discurtir porque sábia que iria acabar perdendo no final.

Agora eles estavam ali, abraçados deitados de conchinha no enorme sofá, vendo o filme começar.

 - ARTHUR OLHA COMO VOCÊ TÁ OLHANDO PRA ELAAA Eu não acredito! - Lua olhou indignada pra Arthur que gargalhou quando viu a cena onde Vitor olhava pra Joh saindo da banheira nua - Você sabe que eu sou bem proficional - ele retrucou e ela abrio com a boca indignada dando um tapinha de leve em seu braço o fazendo rir mais ainda. Arthur colocou o braço em volta do corpo de Lua a abraçando por causa do frio e encostando a cabeça em seu pescoço ainda deitados no sofá. A cena tinha mudado para outra onde Vitor estava fazendo uma rosa de papel para Jo até Lua perguntar
- Onde você aprendeu a fazer rosa de papel? Você não sabe fazer nem um barquinho - Lua quis saber e Arthur riu
- Não fui eu que fiz - Arthur gargalhou e Lua caio junto na gargalhada - Foi a produção e tal.. - ele explicou e ela riu - Credo, não sabe fazer nem um fazer uma coisa com o papel, que unutil - Lua brincou
- Aé, você vai ver o ínutil daqui a pouco - ele sorriu pervertido e Lua riu baixinho quando sentio beijar seu pescoço e depois passar os beijos para o seu ombro - Arthur para eu quero ver o filme - ela riu
- Depois a gente vê Lu... - ele pediu
- Não,eu quero ver agora pode ser? - Ela riu
- Tá né..

- HEY, assim não vale beijo na chuva já é sacanagem contra a minha pessoa - ela falou outra vez indignada e Arthur gargalhou  - Vou processar o diretor dessa peça - brincou
- Até que foi legal - Arthur disse e Lua abriu a boca indignada
- Sério? Melhor que os nossos? - Lua perguntou e Arhur riu - Você sabe que nenhum beijo vai poder comparar a os nossos - ele sorriu e ela deu um selinho de leve em Arthur e voltou a prestar atenção no filme. Ouve um silêncio até Arthur começar a falar.
- Me lembrei de você quando gravei essa cena - ele falou de repente e Lua sorriu ainda olhando pra TV sentindo seus braços em volta dela. Sorriu instantaneamente
- Não estavamos mais juntos nessa época.. - ela disse
- Mais isso não é motivo pra eu não lembrar... eu sempre lembro - ele disse
- Que bom saber que eu não era a única - Lua disse simplesmente e sorriu

- AHHHHHHH NÃÃO, Bla bla bla bla bla - Lua falou quando viu as cenas de Vitor e Joh se pegando, tampou os ouvidos e enfio a cabeça no peito de Arthur - Isso já é de mais por favor
- Lua para com isso - Arthur riu
- Não gosto de ver essas cenas, é de mais pra mim... Não sou ciumenta mais tem limite a Dany é minha colega de trabalho já pensou se eu chego lá e resolvo estrangular ela?
- Tá com cíumes?
- Não é isso...
- Cíumes... - ele riu
- Não é ciumes, é que eu só quero cuidar do que é meu, já basta esse tempo inteiro sem você - ela disse manhosa e Arthur a abraçou forte
- Isso é só cena meu amor - Arthur disse - É técnico
- DiRo era cena, estávamos separados e os beijos não eram técnicos - Lua debateu
- Mais era você.
- Eu sei..
- Lu, se você não gosta de ver essas cenas porque quer ver esse filme? - Arthur perguntou
- Porque sim.. - Lua virou de volta pra TV e ficou quieta tendo que engolir aquelas cenas.

Depois tudo tinha se silenciado, Arthur tinha percebido que Lua estava incomodada com aquelas cenas agora na cama onde os personagens quase se engoliam, os olhinhos da menina estavam pequenos e as mãos dela brincavam com o pano da almofada

- Hey - ele falou carinhoso virando Lua pra o seu lado e viu que ela estava chateada só não queria admitir. Beijou a garota de leve a fazendo sorrir consigo mesma
- Eu quero ver o filme - ela disse
- Não quer nada - Arthur falou e ela suspirou - quero sim.. - disse se virando e vendo a cena novamente
- Lu, vamo passar essa parte ok? - Ele pegou o controle mais ela o impediu
- Eu quero ver falow? - Ela disse e ele concordou.
- Você fica com ciumes mais nunca admite e nunca protesta - ele riu
- Não quero bancar a ciumenta, prefiro ficar quieta - ela disse baixinho
- Isso é uma das coisas que eu mais admiro você - ele disse - se fosse outra já estaria fazendo um escândalo
- Eu sei, mais você sabe que eu sinto ciumes, só não gosto de falar... - ela disse
- Eu sei pequena - ele riu beijando seu rosto a fazendo sorrir

- ISSO, da uma fora nela, isso - Lua disse quando Vitor dava um fora em Joh - Safada, como ela pode se relacionar com o próprio filho? Que puta! - Lua questionou
- Será que essa história já existiu de verdade ? -Arthur perguntou
- Sei lá... Mais seria horrivel, já pensou? - Lua disse
- Só os loucos sabem - Arthur riu - Ou melhor, Eça de Queirós

Arthur riu, quando Lua começou a virar cara e olhar pro chão voltando a brincar com a almofada quando Vitor tinha começado a beijar Joh. Ele preferiu não dizer nada, apenas abraçou a garota mais forte pra ela ter certeza que ele só era epenas dela e que tudo aquilo não passada de ficção.

- Agora o barraco começa - Arthur sussurrou e Lua assentiu ainda brincando com a mão do garoto que estava entre as suas.
- AAAAAAAAAAAI - Lua gritou assim que viu Vitor sendo arremessado contra o vidro da janela e Arthur sorriu - É só ficção Lu - Arthur respondeu
- Mesmo assim - Ela se virou pra Arthur olhando em seus olhos - Não gosto de pensar em te ver machucado - disse sincera e o garoto sorriu
-  Eu amo você sábia? - Ele disse e ela se levantou do colo dele ficando sentada na no sofá assim como ele tinha acabado de fazer
- Eu também te amo - sussurrou e deixou que Arthur a beijasse profundamente e os dois começaram a rir

- Quando eu ver a Daniela, vou ter que contar do seu surto!  - Arthur brincou
- Nem brinca! Sério! - Lua riu
- Então você não ter que da muitos beijos pra me converser - Arthur sorriu maroto e a garota mordeu o lábio inferior
- Aé? - Ela riu - e começou a da vários beijinhos nele parando na boca o beijando, ficaram assim por algum tempo até pararem o beijo
- E agora eu te convensi? - Lua perguntou
- Tá quase - ele riu voltando a beijar a garota.

"Sabe Vitor, ás vezes é melhor viver na mentira do que sofrer as consequências da verdade, a verdade pode ser a maior das crueldades"

Fim.

Por: Yash (@cookieluar)

N/a: Quem gostou do imagine? HAHA, tive a idéia ontem em pleno LuAr Day em quanto tava assistindo esse filme, e em fim eu pensei 'Porque não, escrever uma imagine sobre Lua e Arthur e esse filme?' Então espero que tenham gostando, presente de LuAr Day pra vocês [Atrasado]. Então comentem e me digam oque acharam haha :) 

10 comentários:

Olá! Não esqueça de deixar um comentário bem caprichado sobre o post viu? :)